G6PD NEONATAL [G6PD]

FATOR ANTI-NUCLEAR (HEP2) [HEP2]
Abril 14, 2018
H.C.G., BETA TOTAL [HCG-FB]
Abril 14, 2018
Ver todo o Blog

Exame [mnemônico]

G6PD NEONATAL [G6PD]

Material [mnemônico]

SANGUE [S]

Condições

Tempo de jejum

Questionário

Comentários

Palavras chaves Glicose 6 Fosfato Dehidrogenase Instruções – Colher preferentemente do 3º ao 30º dia após o nascimento e, no máximo, até o 90º dia. – Colher antes do 3º dia de vida apenas caso exista solicitação médica. – Caso o recém-nascido tenha recebido transfusão sanguínea, o tempo ideal para a coleta deste exame não está bem estabelecido e deve-se colher conforme a orientação médica. Coleta – Colher sempre na lateral do pezinho para evitar risco de osteomielite. – Fazer a anti-sepsia do pezinho com álcool 70% e deixar secar completamente. – Retire os lacres de proteção de papel, para expor os círculos de papel filtro que serão utilizados para depositar as gotas de sangue. – Puncionar a lateral do pezinho com lanceta descartável. Desprezar a primeira gota de sangue e deixar formar uma gota grande. Encostar o cartão na gota de sangue e aguardar sua completa absorção , embebendo o círculo do papel filtro dos dois lados (não tem problema se o sangue sair um pouco da área do círculo). – Deixar secar a gota de sangue completamente e naturalmente, na posição horizontal em temperatura ambiente (não usar nenhum artifício como secador ou estufa para secar o papel). – Após secagem da amostra em papel filtro, acondicionar em saco plástico para transporte. Comentários A deficiência de G6PD é uma enzimopatia comum, genética, ligada ao cromossomo X. Incide em ate 10% da população. Acarreta susceptibilidade a crises de hemólise, induzida por drogas (sulfas, anti-maláricos, paracetamol, anti-histamínicos), infecções bacterianas e viróticas e pela ingestão de fava. Pode se manifestar com anemia esferocítica e icterícia neonatal. Níveis elevados de G6PD podem ser encontrados ao nascimento (até 12 meses de idade) e em outras situações em que ocorram predomínio de hemácias jovens (ex.: anemias hemolíticas) sem significado patológico. Na ocorrência de níveis baixos no teste do pezinho, deve-se realizar a dosagem de G6PD no sangue. Detecção molecular da mutação 02 (G-A) da G6PD também está disponível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(33) 9 8877-7788