ROTINA [LIQ-R]

ROTINA – LIQUIDO ASCITICO – VETERINARIO [V-ASCR]
Maio 22, 2018
RUBEOLA – PCR [RUBPCR]
Maio 22, 2018
Ver todo o Blog

Exame [mnemônico]

ROTINA [LIQ-R]

Material [mnemônico]

LIQUOR [LIQ]

Condições

– Líquor.

Tempo de jejum

– Jejum não obrigatório.

Questionário

Comentários

Palavras chaves Rotina de Liquor Liquido Cefalorraquidiano Instruções – Não realizamos a coleta do material pois trata-se de um procedimento médico. Comentários – Caracteres físicos (cor / aspecto): Perde sua limpidez nos processos que aumentam as proteínas no líquor, nos sangramentos e na hiperbilirrubinemia. – Citometria e Citologia: Aumento da contagem de células é encontrado nas hemorragias, infecções e inflamações do sistema nervoso central. Predomínio de polimorfonucleares ocorre nas meningites infecciosas. Predomínio de linfócitos ocorre na meningite por treponema e fungos, neurotoxoplasmose, neurocisticercose, neoplasias, sarcoidose e esclerose multipla. – Cloretos: Se encontram diminuídos na meningite tuberculosa. – Proteínas: Níveis elevados ocorrem na hemorragia subaracnóidea, meningites, uremia e Síndrome de Cushing. Valores baixos ocorrem no pseudotumor cerebral, hipertireoidismo e punções lombares repetidas. A presença de sangue no líquor acarreta no aumento da proteinorraquia (1 mg/dL para cada 1000 hemácias). – VDRL: Resultados positivos no líquor são encontrados em 50% a 60% dos casos de neurosífilis, com especificidade em torno de 99%. Após tratamento, títulos caem entre 3 e 6 meses, podendo demorar anos para se negativarem. Linfocitose e aumento das proteínas são evidências de neurosífilis ativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(33) 9 8877-7788