PERDA DE HETEROZIGOCIDADE PARA CROMOSSOMO 1p E 19q [1P19Q]

PEPTIDEO INTESTINAL VASOATIVO [VIP]
Maio 3, 2018
PERFIL BIOQUIMICO DO FERRO [CINE]
Maio 3, 2018
Ver todo o Blog

Exame [mnemônico]

PERDA DE HETEROZIGOCIDADE PARA CROMOSSOMO 1p E 19q [1P19Q]

Material [mnemônico]

DIVERSOS [DIV]

Condições

Tempo de jejum

– Jejum não obrigatório.

Questionário

Comentários

– A perda de heterozigocidade nas regiões 1p e 19q indicam presença de deleções nessasregiões e estão associadas com o diagnóstico e prognóstico do oligodendroglioma. – A presença de deleção 1p e a combinação de deleções em 1p e 19q apóiam o diagnóstico de oligodendroglioma. Um resultado negativo não afasta o diagnóstico de oligodendroglioma. – Estas alterações estão também relacionadas com uma melhor resposta à quimio/radioterapia. A perda 1p/19q é preditiva para determinação de quimiossensibilidade de agentes alquilantes (nitrosoureia e temozolamida) em gliomas de baixo grau. PRINCIPAIS APLICAÇÕES: – Valor prognóstico independente do grau do tumor em pacientes com oligodendroglioma. – O exame é indicado em casos de diagnóstico de oligodendroglioma, baixo grau (WHO grau II) e anaplásico (WHO, grau III). – O exame também pode ser útil para o diagnóstico de tumores com uma morfologia “”híbrida”” complexa, que requer a distinção entre astrocitoma puro e uma diferenciação de linhagem oligodendroglial. Palavras chaves 1p/19q Glioma Oligodendroglioma

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(33) 9 8877-7788