MERCURIO URINA [MERCUR]

MELANINA [MELA]
Maio 3, 2018
MERCURIO [MERCUR]
Maio 3, 2018
Ver todo o Blog

Exame [mnemônico]

MERCURIO URINA [MERCUR]

Material [mnemônico]

URINA [U]

Condições

Tempo de jejum

Questionário

– Informar se o cliente é exposto ocupacionalmente. – Informar se houve exposição acidental. – Informar tipo de urina coletada (início ou final de jornada).

Comentários

Instruções – Lavar as mãos antes de colher. – Colher urina após retenção urinária de 4 horas. – Fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, desprezar o 1º jato de urina, coletar o jato médio. – Entregar a urina no laboratório até 2 horas após a coleta. – Não colher em local de trabalho. – Retirar o uniforme antes de iniciar a coleta. – Recomenda-se iniciar a monitorização após 12 meses de exposição. Comentários O mercúrio é um metal de elevada toxicidade. Penetra no organismo através de diferentes vias podendo causar toxicidade sistêmica ou lesões locais da pele e mucosas, dependendo de sua forma de apresentação. A exposição humana ao mercúrio e seus compostos ocorrem pela ingestão de água e alimentos contaminados, principalmente peixes contendo organomercurais, como o metilmercúrio, resultante das diversas transformações ambientais do mercúrio metálico, com posterior incorporação e acúmulo na cadeia alimentar. A inalação representa a principal via de absorção nas exposições ocupacionais sendo que seu acúmulo ocorre no SNC, rins, fígado, pulmão, coração, baço e intestino. Nas exposições acidentais ocorre bronquite erosiva e pneumonite intersticial, tremores e aumento da excitablidade no SNC. A intoxicação crônica é caracterizada por vômitos, diarréias, ansiedade, perda de peso e tremores. São excretados principalmente pelas fezes (por secreção biliar e por esfoliação das células do intestino grosso) e, em menores proporções, pela urina, saliva, suor e leite materno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(33) 9 8877-7788