CRIOGLOBULINAS – PESQUISA [CRIOG]

CRIOFIBRINOGENIO, PESQUISA [CRIOFI]
Abril 29, 2018
CRIOPRESERVACAO DE MEDULA OSSEA [BMO]
Abril 29, 2018
Ver todo o Blog

Exame [mnemônico]

CRIOGLOBULINAS – PESQUISA [CRIOG]

Material [mnemônico]

SANGUE [S]

Condições

– Soro.

Tempo de jejum

Questionário

Comentários

Palavras chaves Crioprecipitina Aglutininas irregulares Coleta Procedimento para o tubo de soro (sem gel separador): – Pré-aquecer o tubo de soro a 37 ºC ± 3 ºC por 15 minutos no banho-maria ou estufa; – Retirar o material de coleta do banho-maria ou estufa imediatamente antes da punção, colocando em caixa de isopor para transportar até a coleta (manter o aquecimento); – Colher 1 tubo de soro (sem gel separador). – Imediatamente após a coleta, transportar o tubo protegido em caixa de isopor e coloca-lo no banho-maria. – O sangue deve ser deixado a 37 ºC ± 3 ºC (banho maria / estufa) por 30 minutos para o processo de coagulação. – Centrifugar por 10 minutos a 2000 r.p.m. – Imediatamente após a centrifugação, separar o soro e mantê-lo em temperatura ambiente. – Transportar em temperatura ambiente. – Proibido refrigerar as amostras. – Manter a temperatura do material (antes e após a coleta, até a etapa de centrifugação da amostra) na faixa estipulada, pois a exposição do sangue durante e após a coleta em temperaturas abaixo de 34 ºC pode causar a precipitação das imunoglobulinas. Comentários Proteína que tem a propriedade de formar um precipitado em baixas temperaturas, estando associada a uma variedade de patologias como doenças linfoproliferativas, doenças infecciosas agudas ou crônicas, doenças auto-imunes, mieloma múltiplo e macroglobulinemia de Waldenstron.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(33) 9 8877-7788