CITOMEGALOVIRUS IgM NEONATAL [CMVNN]

CITOMEGALOVIRUS IgG, ANTICORPOS [CMG-ES]
Abril 28, 2018
CITOMEGALOVIRUS IgM, ANTICORPOS (ELFA) [CMV-GM]
Abril 28, 2018
Ver todo o Blog
  1. Exame [mnemônico]

    CITOMEGALOVIRUS IgM NEONATAL [CMVNN]

    Material [mnemônico]

    SANGUE [S]

    Condições

    – Círculos de sangue (separados) em papel filtro saturado nos dois lados do papel.

    Tempo de jejum

    – Intervalo máximo entre as mamadas.

    Questionário

    Comentários

    Palavras chaves CMV Teste do pezinho Instruções – Colher preferencialmente do 3º ao 30º dia após o nascimento e no máximo até o 90º dia. – Coletar antes do 3º dia de vida apenas caso exista solicitação médica. – Caso o recém-nascido tenha recebido transfusão sanguínea, o tempo ideal para a coleta deste exame não está bem estabelecido e deve-se colher conforme a orientação médica. Comentários O citomegalovírus (CMV) é a causa mais frequente de infecção congênita: 0,3 a 2% dos nascimentos. A maioria absoluta dos recém- nascidos com infecção sintomática ao nascimento nascem de mães que tiveram infecção primária durante a gestação. Dos recém nascidos infectados, apenas 15% tem sintomas ao nascimento, sendo que 10% dos infectados sem sintomas terão sequelas neurológicas. A forma mais grave é denominada “Doença de inclusão citomegálica” e caracteriza-se por icterícia, hepatoesplenomegalia, petéquias, microcefalia, corioretinite e calcificações cerebrais. IgM não ultrapassa a barreira placentária, sendo sua presença no recém-nascido útil para o diagnóstico de infecção congênita. Ressalta-se a possibilidade de infecção no recém-nascido durante o trabalho de parto ou pelo leite materno, sendo que 50% das mães infectadas excretam o CMV no leite. Em caso de resultados positivos no teste do pezinho, a confirmação requer complementação da sorologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(33) 9 8877-7788