e-mail

esqueceu a senha

resultado de exames

relação de exames

O Laboratório São Lourenço desenvolveu uma relação completa de procedimentos para você obter informações sobre seu exame, de como ele é realizado e instruções corretas de jejum e coleta (modificar o texto)

CITOMEGALOVIRUS, PCR [CMV-QL]

Exame [mnemônico]

CITOMEGALOVIRUS, PCR [CMV-QL]

Material [mnemônico]

DIVERSOS [DIV]

Condições

Tempo de jejum

- Amostras de sangue: jejum não obrigatório.

Questionário

Comentários

Palavras chaves Citomegalovírus DNA detector qualitativo Detecção do DNA do Citomegalovírus (CMV) Comentários O Citomegalovírus (CMV) é um vírus de DNA que pertence à família dos herpes vírus. Em adultos saudáveis, o CMV em geral é assintomático, e às vezes, pode apresentar quadro clínico semelhante à mononucleose infecciosa. É encontrado na saliva, urina e outros fluídos corpóreos como o semen e secreção vaginal. A importância da infecção pelo CMV é maior quando ocorre a transmissão da gestante para o feto, dado seu poder de interferir na formação de orgãos e tecidos fetais. Manifestações graves podem ocorrer quando o CMV é adquirido ou se reativa em pacientes imunossuprimidos (transplante, AIDS). A PCR é útil nas seguintes situações: . Meningoencefalite ou outras alterações neurológicas; a PCR pode ser realizada no liquor com sensibilidade que varia nos trabalhos, de 80 a 92% e especificidade de 98%. . Diagnóstico pré-natal: quando a gestante apresenta um quadro de infecção aguda e pretende-se afastar a possibilidade de infecção intra-uterina. A PCR pode ser realizada no liquido amniótico. . Infecção do recém-nascido: a detecção do CMV na urina ou sangue de RN nas três primeiras semanas de vida define a infecção congênita. A sensibilidade e especifidade são de 98% e 100%, respectivamente. . Infecção localizada em orgão-alvo: a PCR-CMV pode ser feita em liquidos corporais ou material de biópsia de lesões ou orgãos suspeitos.